LOCALIZAÇÃO

Rua Vicente Ponte, 41 - Jardim Carioca, Ilha do Governador

Rio de Janeiro - RJ, 21921-740, Brasil

  • Grey Facebook Icon
  • whatsapp-icone-6
  • e-mail

+55 (21) 99773-7573

© 2019 por Tenda Umbandista Caboclo Jundiara. 

Fundada em 19 de Setembro de 1998, pelo Caboclo Jundiara, entidade de Mãe Andréia de Oxóssi, a Tenda Umbandista Caboclo Jundiara segue os rituais de Umbanda e tem como princípios básicos a caridade, a humildade e a fé não sendo aceitos em nenhuma hipótese o sacrifício animal.

As sessões ocorrem a cada quinze dias aos sábados a partir das 18 horas. Salvo casos excepcionais, nossas giras nunca terminam após as 24 horas (meia noite).

Uma vez por mês, na primeira Terça-feira, é realizada a sessão de Pai Antonio do Bonfim, chefiada pela Mãe Pequena Juliana, voltada para os trabalhos de cura na linha do Oriente, sendo que o atendimento será sempre indicado pelas entidades trabalhadoras da casa e nas segundas segundas-feiras a partir das 20:00 horas consultas com Exu e Pombagira.

Os preceitos seguidos pelos médiuns da casa são de orientação dos Guias Chefes da casa, são eles:

  1. Todos os que buscarem esta Tenda, receberão atendimento fraterno, independente de raça, posição social, cor ou religião.

  2. ​A Mãe de Santo é a presidente vitalícia da Tenda sendo auxiliada demais médiuns que se dividem na Administração, iniciação e desenvolvimento dos rituais, preceitos e condução do corpo mediúnico.

  3. ​Há preceitos de iniciação obrigatórios para todos aqueles que quiserem ingressar na corrente, porém não existe sacrifícios de animais.

NORMAS A SEREM SEGUIDAS PELOS MÉDIUNS

RESPEITE A HIERARQUIA MAIOR DA CASA. 

1. Durante o período de desenvolvimento, somente o guia chefe da casa poderá autorizar qualquer guia de proteção e obrigações a serem feitas.

2. Participar de todos os rituais, a não ser por motivo de força maior (doença, trabalho, estudo).

3. Fazer parte do quadro de sócios da Tenda.

4. Providenciar o uniforme, pois seu uso é obrigatório.

5. Manter sempre em dia a mensalidade como sócio.

6. O Médium que deixar de pagar suas contas por mais de três meses estará automaticamente suspenso até que venha a quitar suas dívidas.

7. Qualquer médium que justificadamente se afastar por três ou mais sessões consecutivas, deverá passar por duas sessões de limpeza antes de retornar à corrente.

8. Sempre que houver necessidade de faltar, o médium deverá avisar com a maior antecedência possível, sendo que 03 faltas consecutivas que não tenham ocorrido por real motivo de força maior, o médium estará automaticamente suspenso até segunda ordem do Guia chefe.

9. Observar para posterior ressarcimento à Tenda, o uso de charutos, velas etc, por sua entidade.

10. Quaisquer dúvidas quanto à organização, funcionamento, finalidade, atendimento etc, da Instituição, dirigir-se a um dos dirigentes da hierarquia espiritual da casa. Evitar críticas infundadas e não aceitá-las de outrem.

11. Conscientize-se de que você está em uma casa de socorro espiritual e um templo religioso. O seu modo de falar, de pensar, o respeito aos irmãos e a concentração são fundamentais para o bom êxito dos trabalhos. Coopere sempre.

12. Os médiuns só poderão fazer suas firmezas antes do início dos trabalhos, após a Mãe de Santo ter feito seus preceitos, liberando assim o corpo mediúnico, o qual deverá sempre respeitar a ordem hierárquica da casa.

13. Na hora da incorporação deve também ser respeitada a ordem hierárquica, doutrine sua entidade para que aguarde o momento certo de incorporar.

14. Atender prontamente às ordens e determinações dos dirigentes da casa, ou seja, Mãe de Santo, Mãe Pequena, Pai Pequeno, Cambona Chefe e Capitão de Terreiro, ou pessoas por eles autorizadas a transmitir suas ordens.

15. Não serão toleradas atitudes de indisciplina e desobediência, bem como desrespeito a nenhum dos dirigentes ou de seus prepostos.

16. São prepostos dos dirigentes, aqueles que pelo guia chefe da Casa forem indicados para os cargos de Ogãs e Cambonos.

17. Doutrine sua entidade para que ela aprenda a dividir o tempo de consulta da assistência de modo a ninguém se demorar por mais de vinte minutos na consulta, ressalvados alguns casos especialíssimos.

18. É terminantemente proibido o atendimento de qualquer pessoa da assistência fora do terreiro, ainda que seja para responder apenas a uma pergunta, bem como é terminantemente proibido à assistência retornar ao terreiro, por qualquer motivo que seja, exceto em casos excepcionais, devendo os Médiuns da Tenda serem os primeiros a orientar suas entidades a cerca desta determinação.

19. Nos dias de sessão abster-se de álcool, chegar com antecedência mínima de uma hora, tomar seu banho de ervas de acordo com a orientação dos dirigentes, procurar manter a tranquilidade e a harmonia no aguardo do início da sessão.

20. Falar baixo – lembre-se: Você está em um templo religioso.

FICAM OS MÉDIUNS CIENTES DE QUE QUALQUER INOBSERVÂNCIA DESTAS REGRAS SERÁ PASSÍVEL DE REPREENSÃO PELOS DIRIGENTES DA T.U.C.J. QUE AVALIARÃO A GRAVIDADE DA CONDUTA INDISCIPLINADA E DECIDIRÃO SOBRE A PUNIÇÃO, QUE PODERÁ IR DE UMA SIMPLES ADVERTÊNCIA ATÉ A EXCLUSÃO DO MÉDIUM DO QUADRO MEDIÚNICO.

Saravá Umbanda!